15.5.11

Vidros da Praia



Num passeio ao Portinho da Arrábida, percebemos que na areia havia vidros. A minha primeira reacção foi "Cuidado onde põem os pés".  Depois comecei o olhar melhor para os bocados de vidro e apercebi-me de que a maior parte deles já andavam por ali a rolar à bastante tempo, deixando de ter arestas vivas e cortantes e começando-se a assemelhar a seixos da praia. Dai a começar a recolha foi um passo, para as crianças foi como uma caça ao tesouro, para mim foi encontrar um novo material com novas possibilidades de utilização. Vamos ver até onde a imaginação os vai levar.
Depois de uma rápida pesquisa, encontrei este artigo sobre praias de vidro, interessante e com fotos lindissimas.

7.5.11

Transformar uma palete num jardim :: To Turn a Pallet into a Garden

Através do blog “Cidade Ideal” cheguei a este artigo. É a solução perfeita para quem tem apenas um pequeno terraço ou varanda mas que ambiciona ter algo mais do que vasos ou floreiras.
Actualmente existem imensos sistemas para o efeito, mas nada mais fácil e barato do que fazer um jardim vertical com uma palete reciclada. Mãos à obra!
Para este projecto vai precisar dos seguintes materiais:
1 Palete. Procurar uma que esteja em boas condições, sem madeiras partidas ou muitos nós. Existem de vários tamanhos.
2 Sacos grandes de terra para vasos. Há vários tipos de terra em função do tipo de plantações que pretende vir a fazer.
Tela geotextil ou outro material tecido ou não tecido, que seja resistente, denso mas permeável. Este material deve ser preferencialmente preto.
Plantas em vasos pequenos ou em godet.
Maquina de agrafar com agrafos (tipo estofador).

1 – A palete
Depois de conseguir a sua palete deverá fazer-lhe uma verificação simples, uma lixadela e uma revisão dos preços e da sua estabilidade será suficiente. O objectivo é que ela se mantenha com um aspecto rústico, mas que ofereça estabilidade suficiente para conter a terra e as plantas.Com um pouco mais de trabalho e imaginação poderá dar um aspecto bastante diferente ao seu jardim vertical, utilizado tinta própria para madeira de exterior ou veladura.

2 – A tela
Depois de escolher o lado da palete que vai ficar virado para fora, deverá deita-la no chão e cortar dois pedaços iguais de tela com dimensão suficiente para cobrir uma face os lados e a base da palete. Os dois pedaços são para sobrepor. O topo e o espaço da frente deverão ficar livres para a colocação da terra e das plantas.A tela é fixa á madeira com por agrafos. Deve ficar bem esticada e presa de modo a que a terra não tenha por onde escapar.

3 – A terra e a plantação
Para esta operação convêm que a palete esteja próxima do local definitivo onde vai ficar colocada, uma vez que depois de se por a terra esta fica muito mais pesada e difícil de transportar. Deitar a palete sobre uma superficie plana, com a face aberta para cima. A primeira operação é colocar as plantas no topo, devem ficar bem juntas de modo a não permitir que a teraa saia. Depois deitar com cuidado a terra no interior. A terra deve ficar uniformentente espalhada e ligueiramente compactada. Plantar de baixo para cima, apertando a terra junto do torrão e deixando o menor espaço possivel entre as plantas. Repetir a operação em todas as aberturas da palete. No final as plantas deverão cobrir completamente todas as aberturas, de modo a que a terra não caia quando a palete for colocada na vertical.
4 – A manutenção
É prudente esperar algumas semanas para que as plantas criem raízes antes de colocar a palete na vertical, mas o mais provável e não ter paciência para esperar mais do que alguns dias.Nesse caso terá de ter muito cuidado com as regas, mantendo a terra sempre com alguma humidade, mas sem regar em excesso para não provocar arrastamentos para o exterior. O número de rega depende das plantas e da exposição solar do local onde for colocada a palete. A quantidade de água em cada rega é muito importante, principalmente para as duas últimas camadas de plantas, pois se regar demasiado estas terão tendência a ficar encharcadas, ou se pelo contrário a água for escassa esta pode não chegar lá.Quando chegar a altura de adubar, deverá usar um adubo líquido dissolvido na água da rega.
O seu jardim vertical pode facilmente ser uma horta, basta para isso escolher espécies hortícolas e aromáticas de pequena dimensão. Uma outra sugestão bastante saborosa é a plantação de morangos.
Experimente e delicie-se.